• Aniversário
  • Centro-Oeste
  • 26.09.2017
  • Por Meu Agronegócio

Prefeitura prepara comemorações para os 300 ano de Cuiabá

300-anos-de-cuiaba

A capital do estado com a maior produção agrícola do país está prestes a completar três séculos de história. Para comemorar os 300 anos de Cuiabá, a prefeitura está planejando uma série de investimentos em infraestrutura e ações nas áreas do turismo, esporte e cultura.

O aniversário de 300 anos de Cuiabá acontecerá no dia 8 de abril de 2019. Foi, portanto, em 1719 que ocorreu a fundação. Na época, Cuiabá era um pequeno povoado, que surgiu devido à descoberta de ouro por parte de bandeirantes que desbravavam a região. Em 1748, foi elevada à categoria de Vila e, em 1818, a cidade.

300 anos de Cuiabá

Para coordenar as ações de comemoração dos 300 anos, foi criada a Secretaria Municipal Extraordinária Cuiabá 300 anos (SEC 300 Anos). O projeto aprovado pelos vereadores previa 16 cargos e um custo semestral de R$ 792,2 mil. Segundo a prefeitura, a pasta fará a articulação entre município, estado e União para conseguir recursos e tocar os projetos.

Falando em investimentos, o prefeito Emanuel Pinheiro recentemente viajou para os Estados Unidos, segundo ele para buscar parcerias que possibilitem os investimentos planejados. Nos encontros, foi exibido um vídeo de apresentação da cidade, narrado em inglês e com legendas em português. Você pode assisti-lo abaixo:

Na solenidade de lançamento oficial da SEC 300, o prefeito lançou um pacote de 16 obras e ações, orçadas em R$ 162 milhões, que devem ser executadas até o aniversário de Cuiabá. Ele próprio, porém, admitiu que o projeto é “ufanista”. Entre as obras, estão o viaduto da avenida Beira-Rio, a revitalização do Mercado do Porto e a revitalização da região central da cidade.

Capital do agronegócio

Cuiabá não está entre os municípios que mais produzem na agricultura. Porém é a capital do estado mais produtivo do agronegócio brasileiro. O Mato Grosso é reconhecido por ser o principal produtor de soja, milho, algodão e carne bovina. O destaque é alcançado também a nível mundial, e esses produtos são comprados por países de todos os cantos do planeta.

Apesar da importância de Cuiabá como sede administrativa do poder estadual, o governo do Mato Grosso apoia a iniciativa do Sindicato Rural de Cuiabá que pretende consolidar a cidade como a capital nacional do agronegócio.

“Temos todo o potencial para conseguir esse reconhecimento de forma nacional e ser referência para a economia do país, já que o Agronegócio é um pujante setor econômico e com grande abrangência”, afirmou Jorge Pires, presidente do sindicato, na 53ª Expoagro.

Vale salientar que, além das grandes plantações, o estado também se destaca pela sua natureza, pois abriga dois dos mais importantes biomas brasileiros. Ao norte, um pedaço da imponente Floresta Amazônica está dentro dos limites do estado. No sudoeste, o famoso Pantanal Mato-Grossense, maior planície alagada do mundo.

Quer saber mais sobre os 300 anos de Cuiabá? Deixe um comentário abaixo. Gostou do conteúdo? Então compartilhe o artigo nas redes sociais.